Eu vejo cores em você

Na letra da música do Titãs eles dizem: Eu vejo Flores em você! Já eu, e certamente todas as pessoas, mesmo não sabendo, vemos cores em você!

Eu vejo!! Afinal, somos como um quadro delicadamente pintado com cores que são apenas nossas! Cada pessoa carrega em si uma combinação de azul (melanina), amarelo (caroteno) e vermelho (hemoglobina), e é a quantidade de cada um desses elementos que faz nossa pele – a tela desta linda pintura – ter uma coloração de temperatura quente, fria ou neutra.

A análise da coloração pessoal é o primeiro passo para uma consultoria de imagem e certamente essencial para qualquer pessoa que queira aprender a camuflar imperfeições e acentuar a beleza natural que todos temos.  Através de uma análise da pele descobrimos quais as cores favorecem mais cada pessoa, e assim a escolha das roupas e acessórios já inicia com o pé direito. 😉

As cores certas deixam a pessoa com aspecto saudável, disfarça olheiras e rejuvenecem – posso até ouvir você dizer – “WOW eu quero!!”. Enquanto as cores erradas mostram aquelas manchinhas do rosto, fazem a pessoa parecer cansada, ou mesmo doente. E ninguém quer isso, certo?? Se sua pele tiver temperatura quente, as cores quentes lhe favorecerão. Por outro lado, se sua pele for fria, são as cores frias que lhe caem melhor.

Cores quentes: Cores frias:

Dividimos inicialmente as pessoas em quatro grupos, de acordo com as cores presentes nas estações do ano. Assim, se a temperatura da sua pele for quente você é da estação primavera ou outono. Já se sua pele apresentar uma temperatura fria, as cores presentes no verão e no inverno serão suas melhores amigas. Estas estações precisam ser testadas contrastando com sua pele e utilizamos ferramentas especiais para isso!

Observe o resultado das cores no seu rosto! E vá as compras com elas em mente. Caso queira ter certeza de sua coloração, entre em contato e faremos sua análise de cores! Com ajuda profissional e com a paleta de suas cores em mãos você comprará corretamente e de quebra vai ter que se acostumar com a enxurrada de elogios que virá!

by