Você fala em silêncio. Eu sei!

Desde criança ouço várias frases sobre o valor do silêncio…

Temos uma boca e dois ouvidos para ouvir mais do que falar.

A palavra é de prata, o silêncio vale ouro.

Quem cala consente.

… e por aí vai! O que nunca me contaram é que falamos no nosso próprio silêncio! Sim, falamos. Afinal, tudo em nós comunica, e mesmo no silêncio as pessoas já criam seu conceito sobre nós. Portanto, nada melhor do que entender como isso acontece para podermos nos beneficiar do nosso silêncio.

Você já percebeu que algumas pessoas, por mais simpáticas e maravilhosas que venhamos a descobrir que elas sejam, logo no primeiro encontro nos passam uma idéia de serem arrogantes e antipáticas? E ao mesmo tempo, algumas pessoas que imaginamos serem dóceis, gentis nos surpreendem ao revelar que não o são? Se estes conceitos são formados quanto ao grau de amigabilidade de uma pessoa, o mesmo acontece quanto ao profissionalismo e outros fatores.

Sabe-se que o preto é diretamente relacionado à seriedade, confiança e poder. Assim como o cor-de-rosa nos remete à delicadeza e dependência. Sendo assim, se uma pessoa que tem características de seriedade e objetividade no rosto usar uma roupa preta esta ideia será potencializada. E caso ela busque uma vaga de enfermeira, professora, ou mesmo um novo relacionamento, isto poderá dificultar o acesso dela à oportunidade, pois o conceito de que ela é “dura” demais para a vaga ou para se relacionar, já foi feito nos primeiros segundos em que foi vista. E mesmo que busque uma vaga de chefia, ela pode parecer autoritária demais. Não é à toa que seguranças particulares usam o terno preto. (!!)

Por outro lado a pessoa com traços suaves que comuniquem amigabilidade e que denotem que a pessoa é de fácil abordagem o contrário do que falamos acima é verdade. Esta pessoa provavelmente vai ser a mais abordada por pessoas novas e possivelmente terá o crédito de querida, fofa, simpática, mas dificilmente será chamada para uma vaga de trabalho como executiva ou para um cargo onde autoridade seja uma exigência. Assim, esta pessoa com traços leves e a mesma roupa preta,mencionada acima, equilibrará melhor suas características e com isso já começa a acumular pontos para sua conquista mesmo sem ter dito uma só palavra.

COMPARE!

 

Você percebe que o modelo da esquerda está com um visual mais austero que o da direita? É claro que outros componentem além do terno colaboram para isso. Porém, se já sabemos que os nossos traços podem trabalhar a nosso favor, por que não conhecê-los melhor e tirar vantagem disso?

Converse com sua consultora de imagem sobre isso e vá ao seu compromisso pessoal ou profissional não apenas com as cores certas, mas com linhas e caimentos que favoreçam o seu objetivo.

Não tem uma consultora de imagem ainda? Entre em contato! Vou adorar participar desta sua grande e poderosa descoberta!

lici6.png